ISOLAMENTO TÉRMICO

O sistema TincoTerm é um sistema de isolamento térmico direcionado para o exterior de edifícios. É constituído por placas de poliestireno expandido fixadas nas paredes exteriores, reforçadas com argamassa adesiva e armadas com telas de fibra de vidro. Com um acabamento final feito com revestimento decorativo, o TincoTerm pode ser aplicado de raiz na construção de novos edifícios ou na reabilitação dos mesmos.

Com a actual tendência de aumento dos valores de energia, o Sistema TincoTerm permite reduzir significativamente os custos, uma vez que proporciona um elevado isolamento térmico com o aquecimento dos edifícios no Inverno e o seu arrefecimento no Verão. Este sistema permite, ainda, uma melhoria acentuada na insonorização dos edifício, o que aumenta consideravelmente o nível de conforto interior das habitações.

VANTAGENS

O Sistema TincoTerm apresenta as seguidas vantagens:

  • Paredes menos espessas. Menor custo
  • Proteção exterior do edifício
  • Melhor inércia térmica. Melhor ambiente interior
  • Limita perdas de energia
  • Sistema ecológico, “Amigo do Ambiente”
  • Evita manchas de fungos nos interiores
  • Permite a alteração de aspectos exteriores

PROCESSO DE APLICAÇÃO

  • Preparação das superfícies

    As paredes sobre as quais vai ser aplicado o isolamento devem estar firmes e sem sinais de degradação. No caso de paredes antigas, será conveniente a reparação de irregularidades, tratando eventuais fungos ou algas e removendo pinturas velhas não aderentes.

  • Aplicação da cola

    Depois de ter preparado o suporte, coloca-se a argamassa-cola nas placas, aplicando-a em alguns pontos pela parte interior das placas na razão de aproximadamente 3 Kg/m2. Eventualmente, quando a parede for perfeitamente lisa, pode distribuir-se de maneira uniforme a cola na placa, com uma talocha inox dentada.

  • Colocação das placas de poliestireno

    As placas irão ser aplicadas na parede em fiadas horizontais, batendo-as cuidadosamente contra o suporte para garantir uma boa aderência e prestando muita atenção ao perfeito ajustamento lateral com as placas adjacentes.
    Passadas 48 horas da colagem procede-se à fixação mecânica das placas com pregos plásticos à razão de 4/6 por m2. Completar esta operação, aplicando nos cantos das paredes perfis perfurados de reforço.

  • Reboco

    Após a colocação do poliestireno, será feito o reboco da superfície utilizando a argamassa – cola. Com a primeira demão de argamassa será colocada uma rede na fibra de vidro cujas emendas deverão sempre ser sobrepostas no mínimo de 8/10 cm. Após secagem, aplica-se uma segunda demão de reboco para regularização.

  • Acabamento

    Terminada a colocação das placas e o reboco superficial, é possível proceder à aplicação do revestimento final, tipo rugoso, aplicado com talocha.

GALERIA

Grupo Agostinho © Copyright 2018
Powered by uiva.pt